Você está aqui: Página Inicial > Notícias > USF: editais para executar políticas de extensão em populações vulneráveis são divulgados

Geral

USF: editais para executar políticas de extensão em populações vulneráveis são divulgados

Geral, Extensão

por Paula Fernandes publicado: 03/06/2019 15h02 última modificação: 04/06/2019 14h39

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) está com novos editais abertos para dar continuidade às ações do Núcleo de Estudos e Defesa de Direitos da Infância e da Juventude (NEDDIJ) e do Núcleo Maria da Penha (Numape). As propostas devem ser submetidas até o dia 10 de junho. Os projetos fazem parte do Programa Universidade Sem Fronteiras (USF) que visa executar políticas de extensão em populações vulneráveis.

ACESSE OS EDITAIS COMPLETOS AQUI

O USF tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação por meio de parcerias com instituições de ensino superior e centros de pesquisa. Segundo a coordenadora do USF, Sandra Cristina Ferreira, os programas prestam atendimentos jurídicos, psicológicos, sociais e pedagógicos fundamentais à população por meio das universidades. “Tanto o Numape como o NEDDIJ oferecem serviços em diversos municípios do Paraná”, comenta Ferreira. Com o edital, pretende-se dar continuidade aos atendimentos.

 

NEDDIJ

O Núcleo de Estudos e Defesa de Direitos da Infância e da Juventude, em parceria com o Ministério Público do Paraná e Secretaria da Justiça, oferece atendimento jurídico, psicológico e social gratuito às crianças e adolescentes carentes em estado de vulnerabilidade social. Também desenvolve pesquisas e artigos acadêmicos sobre temas relacionados aos direitos da infância e juventude. A Superintendência investiu, em 2018, R$1.661.140,00 na execução de 10 projetos. Cerca de 40 mil pessoas foram atendidas pelo programa.

 

Numape

O Núcleo Maria da Penha desenvolve ações que promovem o acolhimento e atendimento gratuito às mulheres que estejam em situação de violência. São realizadas ações de prevenção por meio de práticas socioeducativas, articulação e mobilização social, visando o combate à violência contra as mulheres e o cumprimento da Lei Maria da Penha. O programa já recebeu R$ 1.973.875,00 para as atividades realizadas em 10 projetos. Cerca de 19 mil mulheres já foram atendidas pelo Numape.

 

Acompanhe a Unespar nas redes sociais

 www.facebook.com/UnesparOficial

 www.twitter.com/UnesparOficial

Resultado de imagem para instagram www.instagram.com/unespar/