Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Com produção anual de 400 mil alevinos, Cepea é referência na piscicultura em União da Vitória

Geral

Com produção anual de 400 mil alevinos, Cepea é referência na piscicultura em União da Vitória

Geral

publicado: 22/03/2018 17h56 última modificação: 22/03/2018 18h02

Administrado há mais de dez anos pela Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus União da Vitória, o Centro de Pesquisas e Extensão em Aquicultura Ildo Zago (Cepea) tornou-se uma referência no setor da piscicultura para a região. Contribuindo na produção de alevinos para pesquisas e doações, a estação alimenta e dá suporte à cadeia produtiva da agricultura familiar, aumentando o emprego e a renda no campo, como explica o diretor de campus Valderlei Garcias Sanches.

“A importância dessa estação para o campus e para universidade como um todo é o apoio que ela dá a nossa comunidade, principalmente na área rural, visto que as criações de peixes que atendemos é, em sua maioria, para subsistência. É um trabalho fundamental para a universidade levar esse conhecimento e orientação para a população, e, ao mesmo tempo, garantir a qualidade dos peixes criados. Nós estamos prestando um trabalho valioso para a área rural”, defende o diretor.   

A estação tem hoje uma produção de aproximadamente 400 mil alevinos por ano. Ao todo, são 35 tanques para viveiros de alevinos, dois reservatórios de águas, um laboratório de reprodução de peixes, um laboratório para análise de águas, um auditório com capacidade para 70 pessoas e um aprisco para caprinos, distribuídos em uma área de 12 hectares de terra.

Segundo o ictiólogo, Renan Gargiel de Oliveira, responsável pelo local, cerca de 30 agricultores são atendidos semanalmente com as doações dos alevinos criados no local. Atualmente, são produzidos alevinos de Carpa Capim, Carpa Húngara, Carpa Cabeça Grande, Carpa Colorida, Jundiá Cinza, Jundiá Rosa, lambari e a Tilápia, espécies que melhor atendem à crescente demanda da região.

Além disso, visitas técnicas guiadas são realizadas duas vezes ao mês, como foi o caso da visita da casa familiar rural de Cruz Machado, ocorrida na última quarta-feira, 21 de março. Na ocasião, 25 alunos do primeiro ano do curso técnico em Agropecuária da instituição puderam aprofundar seus conhecimentos sobre manejo de peixes e construção de tanques. De acordo com Gargiel, nos últimos três anos a estação recebeu em torno de 3 mil pessoas em visitas com esta finalidade.

“Na nossa região, temos dois abatedouros de peixes, então a gente tem que mostrar para os alunos a importância da criação para ter mais uma fonte de renda”, explica o ictiólogo. Ele também salienta que há uma grande demanda por tilápias destinadas à merenda escolar por parte dos municípios próximos, por isso o constante incentivo do Cepea à construção de tanques pelas famílias do campo.

Qualidade da água

Outro destaque do local é laboratório de análises de água, o único da região a disponibilizar este serviço. O laboratório é coordenado pela professora da Unespar, doutora Deise Borchhardt Moda, e atende a 6ª Regional de Saúde, que leva semanalmente amostras de água de oito municípios para análise.  

Acompanhe a Unespar nas redes sociais

www.facebook.com/UnesparOficial

www.twitter.com/UnesparOficial