Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto Fauna Paraná na Operação Verão 2018

Geral

Projeto Fauna Paraná na Operação Verão 2018

Geral, Extensão

por publicado: 31/01/2018 16h45 última modificação: 01/02/2018 13h03

O Projeto Fauna Paraná é um convênio técnico-científico entre a Administração dos Portos de Paranaguá (APPA), a Universidade Estadual do Paraná (Unespar), através do Centro Universitário de Estudos e Pesquisa em Desastre do Paraná (CEPED/PR) e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Paraná (FUNESPAR). Ele visa o resgate de animais em caso de desastres ambientais causados pela intensa movimentação de cargas na região do Porto de Paranaguá. Em 2018 esse projeto participa pela primeira vez da Operação Verão, que através da brigada voluntária presta orientações aos veranistas na praia de Caiobá/PR. Voltadas para a conscientização da importância da preservação ambiental, as ações acontecem de quinta a domingo, explorando principalmente o tema Resgate dos animais atingidos por óleo no litoral do Estado. No stand  do Projeto estão atuando biólogos e médicos veterinários responsáveis pelas pesquisas realizadas, assim como estudantes de biologia e medicina veterinária que também integram o grupo de voluntários. Na areia da praia, junto aos atendentes do Fauna Paraná, qualquer pessoa pode tornar-se um integrante da brigada voluntária que deve atuar no resgate de animais atingidos por derramamento de óleo e produtos químicos perigosos, assim como na despetrolização da fauna oleada.

Trabalho voluntário

Em 2017, foram realizados 04 cursos de capacitação de acadêmicos e da comunidade litorânea para o resgate de animais, são eles: curso de Formação em Despetrolização de Fauna; curso de Formação de Voluntários; curso de Sistema de Comando de Incidentes, e curso para pescadores e para a comunidade local. O conteúdo teórico destes cursos envolveu desde a estruturação de um sistema de resgate, tratamento e lavagem de fauna até a avaliação ambiental e soltura de fauna reabilitada. O treinamento mais recente, encerrado no dia 08 de dezembro, nas dependências do CEPED/PR, capacitou 25 novos brigadistas, entre acadêmicos e pessoas da comunidade em geral. Com a formação desta turma de dezembro, a Appa já pode contar com mais de 100 brigadistas voluntários. O grupo de voluntários atua em regime permanente de prontidão e revezamento, com rápida mobilização em caso de emergências. Eles vão utilizar como base o Centro de Proteção Ambiental das Baías de Paranaguá e Antonina – o primeiro do Brasil localizado em um porto público e que integra atendimentos a emergências ambientais envolvendo derramamentos químicos e de óleo, com o atendimento à fauna petrolizada.

O capitão Eduardo Gomes Pinheiro, chefe do CEPED/PR, reforça que o projeto é inédito e pioneiro. “O Porto de Paranaguá possui atualmente a estrutura mais moderna do país no atendimento de acidentes ambientais. O grupo de alunos voluntários está sendo preparado para resgatar os animais atingidos por óleo, tratando-os adequadamente para que possam ser devolvidos à natureza em uma condição saudável novamente”, explica o capitão Pinheiro.

"A Appa possui equipe técnica permanente, formada por biólogos, veterinários e graduandos em ciências biológicas. Mas constantemente captamos voluntários interessados, que podem se cadastrar, e realizar os treinamentos", explicou Danyelle Stringari, coordenadora geral do Projeto na Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá e da Universidade Estadual do Paraná (FUNESPAR).

A programação dos cursos de 2018 será divulgada no início de fevereiro em todos os canais de informações do CEPED/PR. Para maiores informações sobre o Projeto Fauna e os cursos de qualificação oferecidos pelo CEPED/PR acesse:

Site do CEPED/PR

Site Projeto Fauna

Fanpage Projeto Fauna

Acompanhe a Unespar nas redes sociais