Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Representantes da Unespar tomam posse no Conselho Estadual dos Direitos do Idoso

Geral

Representantes da Unespar tomam posse no Conselho Estadual dos Direitos do Idoso

Extensão Geral

por publicado: 18/04/2015 20h45 última modificação: 30/04/2015 15h16
Jandira Xavier e Gislaine Vagetti

Jandira Xavier e Gislaine Vagetti

O Conselho Estadual dos Direitos do Idoso empossou, no dia 25 de março, os novos conselheiros do órgão para o mandato do biênio 2015-2017. A solenidade aconteceu no Palácio das Araucárias, em Curitiba, e contou com a presença da secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, e da procuradora Rosana Beraldi Bevervaço, representante do Ministério Público.

“Recebemos com muita alegria a responsabilidade de promover e garantir os direitos do Idoso no nosso Estado. Estamos comprometidos nesse grande desafio que é executar o Plano Estadual dos Direitos do Idoso, esse documento tão importante, construído e pactuado com a sociedade civil e poder público”, destacou a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social.

Tomaram posse doze representantes da sociedade civil, eleitos no último dia 4, e doze representantes governamentais, nomeados pelo governador do Estado. O evento também elegeu o novo presidente do Conselho, José da Silva Araújo, representante da Associação Social do Paraná, e Gilson Fernando Gomy de Ribeiro, da Associação Nacional de Gerontologia do Paraná, como vice-presidente.

Representando a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, foram empossadas a agente universitária Jandira Gonzaga e a professora Gislaine Vagetti, da Universidade Estadual do Paraná, Unespar.

CEDI - O Conselho Estadual dos Direitos do Idoso é um órgão colegiado de caráter público e permanente, composto de forma paritária com representantes de secretarias de Estado e de organizações não governamentais. No Paraná, ele integra a estrutura da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social.

Sua função é deliberar e fiscalizar a execução das políticas de defesa dos direitos da pessoa idosa. Além da Seds, a política para a pessoa idosa é executada pelas secretarias da Educação, Segurança Pública, Esporte, Agricultura e Abastecimento, Cultura, Saúde, Ciência e Tecnologia, Justiça e Indústria e Comércio.