Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mestrado no campus de Campo Mourão realiza primeiras qualificações

Geral

Mestrado no campus de Campo Mourão realiza primeiras qualificações

Geral

publicado: 12/02/2015 18h44 última modificação: 30/10/2018 12h06

A primeira turma do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento (PPGSeD) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) está em fase de qualificação das dissertações. Na sexta-feira, 20, aconteceu a primeira banca com os resultados parciais da pesquisa em execução pela aluna Ivania Skura.

Com o título “Folha Feminina: representações da mulher nas páginas da Folha do Norte do Paraná”, a mestranda apresentou o texto-base para a comissão examinadora que contou com a presença dos professores orientadores e dois professores convidados. O objetivo do estudo é investigar a materialização de representações femininas veiculadas na coluna do periódico entre os anos de 1962 e 1964. Para tanto, utiliza para a discussão conceitos como estudos de gênero, representações, relações de poder, cultura da mídia e análise de conteúdo e imagem.

Oferecido pelo campus de Campo Mourão, o programa reúne profissionais de diferentes áreas do conhecimento que estudam a formação humana, buscando compreender as relações com os processos socioculturais, as instituições, a proposição de políticas públicas e a produção e ocupação do espaço.

Segundo o regulamento do programa, o exame de qualificação deve ocorrer sempre no final do segundo semestre letivo. Isso, após os alunos completarem os créditos das disciplinas. A medida, como explica o coordenador do programa e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Frank Antonio Mezzomo, é para que os mestrandos tenham um tempo maior para desenvolver a pesquisa levando em consideração os apontamentos da banca avaliadora.

De acordo com Mezzomo, todos os alunos protocolaram os pedidos de qualificação. Para ele, um indicativo importante porque atende o que requer a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) quanto aos prazos e compromisso dos mestrandos. Com isso, as avaliações serão encerradas em até 40 dias.

No total, o programa possui nove alunos regulares dos quais dois são bolsistas da Capes e dois da própria Unespar. Apesar da greve, o mestrado continua com suas atividades normais tanto da atual turma, como do processo seletivo para a formação da segunda turma.