Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário do Pibid da Unespar defende a manutenção do programa

Geral

Seminário do Pibid da Unespar defende a manutenção do programa

Geral, Ensino

publicado: 10/11/2017 21h46 última modificação: 10/11/2017 21h46
Exibir carrossel de imagens Evento reúne professores e estudantes bolsistas de todos os sete campi da Unespar

Evento reúne professores e estudantes bolsistas de todos os sete campi da Unespar

Estudantes e docentes dos cursos de licenciatura da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e professores da rede básica participaram, sob a organização do campus de União da Vitória, do III Seminário e V Encontro Pibid da Unespar. Todos são bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e compartilharam os resultados das ações que desenvolvem por meio dos subprojetos.

A programação iniciou na quarta-feira (8) e encerrou nesta sexta-feira (10). A abertura oficial, realizada no Cine Ópera, em Porto União, cidade que é dividida geograficamente de União da Vitória apenas por um trilho de ferrovia, contou com a presença de autoridades universitárias que ressaltaram a necessidade do Pibid como uma política para a melhoria da qualidade da educação e da formação de docentes.

A pró-reitora de Ensino de Graduação, professora Maria Simone Jacomini Novak, destacou os números do Pibid na Unespar como uma forma de demonstrar a grandiosidade e o impacto do programa na instituição e na educação. Como expôs, a Unespar possui 55 professores coordenando subprojetos, 135 professores da educação básica como supervisores, 785 estudantes de cursos de graduação atuando como bolsistas e cerca de 15 mil alunos da educação básica atendidos.

“Esses números fazem com que a Unespar responda como a maior participação no programa em toda a região Sul. Isso tem como base um levantamento realizado em pelo Forpibid. Portanto, temos acompanhado todas as discussões e nos posicionado contrários aos cortes e qualquer proposta de mudança no formato do programa. Acreditamos que mudanças podem ampliar a evasão e prejudicar a qualidade das licenciaturas”, pontua a pró-reitora.

No mesmo sentido, a coordenadora institucional do Pibid na Unespar, professora Marcia Stentzler, apontou que as ações ocorrem em escolas de alto e baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “A Unespar tem um papel importante e de protagonismo nas licenciaturas. Atualmente todos os nossos cursos de licenciatura possuem subprojetos em funcionamento o que reflete na melhoria do processo formativo, na melhoria da vida e das condições da sociedade em que estamos inseridos”, pontua.

Aproveitando a presença do vice-prefeito de União da Vitória Bachir Abba e de representantes de instituições parceiras, o reitor da Unespar, professor Antonio Carlos Aleixo, detalhou o contexto em que o programa foi criado lembrando que foi uma ação em resposta às conferências de educação que registravam a necessidade de investir na formação docente. Nesse sentido, solicitou aos presentes apoio e o envio de documentos ao Ministério da Educação e às bases políticas para não destruir o programa.

Aleixo relembrou que neste em 2017 comemora-se os dez anos de existência do Pibid e que os campi de União da Vitória e de Paranavaí cimentaram a experiência do programa na Unespar, com os primeiro subprojetos. “O Pibid foi uma feliz ideia e que não pode ser interrompida. A Unespar possui o maior número de projetos no Sul e temos orgulho de sermos a mais importante dentre as universidades de formação de professores do Estado do Paraná”, disse.

Programação
Os três dias de programação do III Seminário e V Encontro Pibid da Unespar foi intensa. Para a conferência de abertura o promotor de Justiça, Júlio Ribeiro de Campos Neto, foi convidado para abordar questões que considera importante na relação entre a família e a educação. Ele é titular da promotoria de Defesa da Criança e do Adolescente em União da Vitória e tem desenvolvido vários trabalhos em parceria com a Unespar. Na oportunidade também reforçou a necessidade das instituições e a sociedade apoiarem o movimento que solicita a manutenção do Pibid.

Mais de 300 trabalhos entre rodas de conversa, oficinas, aulas de campo, painéis e materiais didáticos foram apresentados. Além disso, ocorreram palestras e atividades artístico-culturais como apresentações musicais, espetáculos teatrais, exposições e sessão de cinema com o projeto Cinespar.

Acompanhe a Unespar nas redes sociais
www.facebook.com/UnesparOficial
www.twitter.com/UnesparOficial